domingo, 19 de fevereiro de 2017

Mermaid Coordinate (Carnaval)


           Desde a infância eu já convivia e admirava estas criaturas fantásticas através das histórias que lia e assistia, mas foi só na adolescência que comecei a pesquisar sobre Criptozoologia, que é o estudo de espécies animais consideradas lendárias, mitológicas e hipotéticas (ou ainda as avistadas por poucas pessoas). Essa pseudo ciência (uma vez que baseia-se em evidências anedóticas, histórias e avistamentos) busca relacionar o ponto de vista biológico com o antropológico, cruzando referências através de relatos e mitos de diferentes culturas sobre animais extintos ou desconhecidos, e o termo que dá nome ao estudo vem das expressões cripto - (do grego, kryptós, é, ón 'oculto') e zoologia, que é o ramo da ciência que estuda especificamente os animais. Alguns ramos da criptozoologia desafiam a lógica científica, entretanto, há exemplos que comprovam sua credibilidade, como a lula-gigante, o celacanto, o ornitorrinco e o dragão-de-komodo, animais reais que por muito tempo foram considerados fantasias. E é exatamente este ramo da ciência que estuda duas das minhas criaturas favoritas: os unicórnios (como já era de se esperar, afinal, olha esse blog!) e as sereias. Na mitologia grega, elas são seres metade mulher e metade peixe capazes de atrair e encantar aqueles que ouvem seu canto. Nas histórias, os marinheiros que eram atraídos pelo canto e se aproximavam o bastante para ouvi-lo acabavam naufragando. Sua origem possui muitas teorias, uma vez que no geral são consideradas filhas do deus rio Aqueloo com a musa Melpôneme, ou de Gaia, já que Homero afirmou que elas eram capazes de prever o futuro. Há muitos mitos que afirmam que elas seriam mulheres que ofenderam a deusa Afrodite de alguma forma e que, como castigo, foram viver em uma ilha isolada. Em outros, conta-se que elas eram companheiras de Perséfone, filha de Zeus e Deméter, que foi raptada por Hades. Já na literatura moderna, as sereias inspiraram poemas e obras como "O Silêncio das Sereias" (Kafka, 1917) e "A História da Sereia" (E. M. Forster, 1947), mas aposto que você as conheceu principalmente através de produções cinematográficas como "A Pequena Sereia" (Disney, 1989) e "Aquamarine" (2006), não é mesmo?! 


           Já fazia um tempo que queria tentar esta maquiagem, mas 1) não tenho talento nenhum para isso e 2) não sabia onde usar. Mas eis que o carnaval está batendo à porta, e aqui na cidade acontece anualmente o bloco de rua "Trupico do Lalá", em um bairro chamado Ilha dos Araújos. Por mais que eu já more aqui há alguns anos, nunca tinha tido a oportunidade de participar (por desânimo ou falta de companhia), mas como 2017 já começou diferente em vários aspectos, minhas amigas me convidaram para ir, e, ainda por cima, todas fantasiadas (muita animação). Como em janeiro viajei para a praia, trouxe uma quantidade considerável de conchas para projetos da categoria "Como eu Fiz", e, com a deixa do evento, aproveitei para confeccionar uma coroa de sereia dessas que já vi tantas vezes no Pinterest ou em postagens do Sereismo (clique para acessar) - e que são absolutamente maravilhosas. Com o acessório pronto, foi só escolher um bom tutorial (usei o da Niina Secrets, clique para assistir), pedir socorro para a amiga que entende de maquiagem (agradeço demais Érica!), aplicar bastante brilho e cair na folia! E ai, curtiu? Que tal tentar também? Ah, ainda vou postar o "Como eu Fiz" dessa coroa, é só curtir a fanpage para ficar por dentro de todas as novidades e saber assim que a postagem for ao ar, viu?! Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixa aí nos comentários! 

10 comentários:

  1. Nossa achei linda a sua make ! Arrasou !

    Um beijo

    http://garotaantenadas2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu amei amei amei a maquiagem e tudo no geral, ficou lindíssimo ♥ Tenho certeza de que mandou super bem no carnaval e no bloco. A maquiagem ficou super bem feitinha e a coroa é um mimo. Meu sonho conseguir essa quantidade de conchas rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaaaaah Kelly <3 Muito obrigada <3 Eu fiquei horas e horas na praia catando as conchas e olha, eu ainda tenho um pote lotado de tantas que peguei Hahahahaha Um beijo :*

      Excluir
  3. Adorei a coroa e a make ficou ótima. Arrasou! ❤

    ResponderExcluir
  4. Eu ADOREI essa coroa. Vi no instagram fotos de você como sereia e achei lindo e criativo. A coroa é a coisa mais fofa do mundo e a maquiagem ficou muito maneira, de verdade!
    Caramba! Eu desconhecia completamente a criptozoologia, eu nunca nem tinha imaginado que poderia existir um estudo desse tipo. Achei bem interessante. Agora é torcer pra alguém provar a existências dos unicórnios (ou não, do jeito que o ser humano é, é melhor deixar os bichinhos em paz e apenas como uma lenda mesmo shauhsausa).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own <3 Eu adoro criptozoologia e é uma ciência pouco falada por aí justamente por essas características mais "místicas e hipotéticas". Mas é MUITO LEGAAAAAAL! E sobre os unicórnios, melhor eles ficarem escondidos mesmo, porque esses seres humanos viu Hahahahahaha Um beijo :*

      Excluir
  5. Aiiiiiiiiiiiii que linda!!!
    Adoro descobrir blogs nerds!!! *-*
    Já estou te seguindo!

    Memórias de uma Guerreira

    ResponderExcluir