domingo, 7 de agosto de 2016

7 Capas: As mais bonitas e as mais inusitadas da estante


      Já faz algum tempo desde que vi um vídeo em um canal que acompanho (mas que não me lembro qual, me perdoem), falando sobre as sete capas mais bonitas da estante. Claro que fiquei morrendo de vontade de fazer, né? Cheguei até a gravar um teste em vídeo, mas amigos acreditem em mim quando digo que vocês não iam querer ver o que saiu. Por fim, depois de tentar salvar a gravação por mais de uma vez, desisti e resolvi responder esta tag através de uma postagem escrita mesmo, só que com algumas mudanças. Já era de se esperar que eu não conseguisse escolher apenas sete capas, então roubei. O princípio continua o mesmo, contudo, eu vou escolher o dobro, sendo as sete mais bonitas e as sete mais inusitadas, as “diferentonas” e criativas que são muito legais (e quem sabe uma ou outra que eu não gostei tanto assim do resultado).

As 7 mais bonitas... 

 
 

       Digamos que isso é um top 7, mas não necessariamente em ordem. Eu simplesmente não consigo decidir qual é a primeirona, a mais bonita de todas, a “top das tops” (reflitam), por isso vou falando aleatoriamente sobre as escolhidas. Beleza? Vamos lá. Não é segredo para ninguém (pelo menos para ninguém que acompanhe este blog), que sou completamente apaixonada pela Saga do Tigre, da autora Collen Houck. E claro que a capa de “A Maldição do Tigre”, meu primeiro amor, não poderia ficar de fora desse top. A verdade verdadeira é que todas as capas desta coleção seguem o mesmo princípio e são incríveis, mas né... Já roubei demais nesta tag e ela nem começou direito! Outras capas que eu adoro são as de “Star Wars: A Trilogia” e a de “The Kiss of Deception”, nessas versões lindas da DarkSide Books – que, por sinal, sempre derruba forninhos com seu trabalho impecável de edição e diagramação. Já a Intrínseca tem seu lugar no top das mais bonitas através de “Magnus Chase e os Deuses de Asgard: A Espada do Verão” e “Loney”, um livro misterioso e assustador que recebi recentemente e que me conquistou de imediato (tem vídeo do recebimento na página do Fleur. Ainda não viu? Clique aqui!). Outro livro que ganhei em Julho e pelo qual me apaixonei logo de cara foi “Revival” do Stephen King. É meu primeiro livro do autor em coleção e, gente olhe essa capa! Bom, e encerrando as sete mais bonitas, Tolkien não podia ficar de fora né? Para representar minha coleção de livros dele, escolhi minha edição de “O Hobbit”, com uma capa desenhada pelo próprio autor!

... E as 7 mais inusitadas.


       E passando para as sete mais inusitadas e / ou diferentonas do acervo, começo com mais uma capa de Star Wars, dessa vez do livro “Star Wars: Cenas em Scanimation”. Eu gostaria de um minutinho da sua atenção para essa capa maravilhosa, que desde a primeira vez que vi me deixou hipnotizada, pois parece um GIF! (meus sonhos de potterhead se tornaram realidade através deste livro). Além da capa, todas as páginas são assim, “animadas”, e cada uma representa uma cena diferente da trilogia clássica da saga. Outras duas capas bem interessantes são as de “Endgame: O Chamado” e “Endgame: A Chave do Céu”, os livros um e dois da trilogia Endgame, respectivamente. Recentemente recebi “Amor à Moda Antiga”, do Carpinejar (tem resenha, vem ler!), e a capa é a coisa mais delicada do mundo, com uma jacket diferentona com recortes para o título e o nome do autor, além de textura em alto relevo nas impressões de flores. Outra que chegou recentemente por aqui foi “Zumbeatles”, da parceria com o Grupo Editorial Record, e a releitura de uma cena clássica dos Beatles ficou simplesmente genial como capa! Já dos que estão na estante há mais tempo, meu xodó, “A Menina que Roubava Livros”, não podia ficar de fora deste top, e, apesar da capa original também ser linda, este foi um dos poucos títulos que optei pela capa especial da adaptação para os cinemas. E finalizando este top – e esta tag – a capa de “Lugares Escuros”, da minha querida Gillian Flynn, é uma das poucas da estante que eu realmente não gosto. Eu prefiro infinitamente a capa original, pois, em minha opinião, ao contrário da versão de “Garota Exemplar”, esta não ficou muito bacana.

 
 

        Minha ideia inicial era escolher as sete capas mais legais e as sete mais estranhas da estante, mas depois de uma profunda reflexão olhando para cada um dos meus filhos, cheguei à conclusão de que não conseguia escolher capas das quais não gostasse, apesar de optar pela original no lugar da versão especial da adaptação cinematográfica de “Lugares Escuros”. Cada uma delas – e principalmente as histórias que guardam - é especial para mim de uma forma única, além do velho ditado: “mãe nenhuma acha seu filho feio”, não é mesmo? (pelo menos a minha mãe presidia o seleto e restrito grupo que me achava linda). E é isso! Eu queria poder roubar mais um pouco e colocar todos os meus lindos livros aqui, mas acho que por enquanto já está de bom tamanho! E você, quais as capas mais bonitas da sua estante? Conseguiu cumprir a difícil missão de escolher uma favorita? Será que algum dia vai conseguir? Hoje, no Globo Repórter... Quer dizer, conta aí nos comentários!


8 comentários:

  1. Amei a tag Le, já até salvei pra poder fazer mais pra frente rs.
    Acho essa capa do último livro do Carpinejar tão linda. ♥
    A maldição do Tigre também é uma das minhas mais bonitas rs.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cami <3 <3 Eu achei ela maravilhosa também, e muito bem elaborada sabe. Já A Maldição do Tigre e os outros da saga não tenho nem o que dizer: não vou mentir, AMO! Um beijo : *

      Excluir
  2. Star wars, A menina que roubava livro <3
    Ahh que lindo!
    Parabéns pelo blog, estou adorando..
    Da uma passadinha no nosso também, paranoiadeumaruivaemeia.wordpress.com .. Obrigado, beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada duplamente! <3 Esses livros são lindos mesmo né? Claro! Um beijo : *

      Excluir
  3. Essa capa da trilogia de star wars é sensacional, a edição é mesmo linda! Quanto a Menina que roubava livros gosto mais da capa original, também é um livro muito especial para mim! :D Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. né! Eu amo as duas, e A Menina que Roubava Livros eu acho as duas capas muito bonitas, mas não quis a original por ser branca. Fiquei com medo de sujar :/ KKK Um beijo!

      Excluir
  4. Revivel foi um dos meus livros preferidos do King e amei essa capa também!

    Mas acho que o King merecia um super box ou uma edição especial dos seus livros (com capa dura, umas firulas a mais). Eu iria a falência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina eu ainda não li, mas a capa é fantástica, o que pra mim costuma ser um bom sinal KKKKK Também acho viu, os livros dele são muito bons, tá faltando uma edição para me falir também KKKK Um beijo : *

      Excluir