segunda-feira, 27 de junho de 2016

Resenha: The Kiss of Deception (Crônicas de Amor e Ódio - Volume I)


"Aquele era o dia em que mil sonhos morreriam e um único sonho nasceria. O vento sabia. Era o primeiro dia de verão, mas rajadas de vento frio atingiam a cidadela no topo da colina com tanta ferocidade quanto o mais intenso inverso, chacoalhando as janelas com maldições serpenteando através de corredores gelados, como avisos sussurrados. Não havia como escapar do que estava por vir".

     Sinopse: A força feminina é a grande estrela neste romance de Mary E. Pearson. Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas - menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? O primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio evoca culturas do nosso mundo e as transpõe de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o romance de Pearson é capaz de nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância do amor e como ele pode nos enganar, e de uma protagonista em busca de seu verdadeiro destino e da liberdade a qualquer custo. 

Título: The Kiss of Deception.
Autor: Mary E. Person.
Páginas: 492 páginas.
Editora: Dark Side Books.
ISBN: 9788566636864.


"Porque eu estava indo? Qual era o propósito disso se eu não a traria de volta nem falaria com ela? Eu sabia que esses pensamentos estavam rodopiando na cabeça de Sven, mas não era o que ele havia imaginado. Eu não estava com raiva porque a Princesa pensara em escapulir antes de mim. Havia muito tempo que eu tinha pensado nisso, logo que o casamento fora proposto pelo meu pai [...] Eu estava com raiva porque ela teve a coragem de fazer o que eu não tive coragem de fazer! Quem era essa menina que metia o nariz entre dois reinos e fazia o que desejava? Eu queria saber!"

Algumas Impressões 

   Assim que a editora Dark Side Books anunciou que estava procurando novos parceiros, logo inscrevi o Fleur na seleção, e, depois de muita expectativa e ansiedade pelo resultado (já que eu sou fã de carteirinha dessa caveirinha maravilhosa), recebi um e-mail informando que infelizmente o blog não tinha sido escolhido como parceiro fixo, mas que eu poderia ser convidada a participar de ações promocionais, envolvendo livros incríveis do tipo "todos precisam ler" que eles estivessem lançando. E, mesmo não entrando nesse hall de parceiros disputadíssimo, fiquei muito feliz pela oportunidade! Então imagina a minha felicidade quando The Kiss of Deception chegou aqui na redação (vulgo meu home office), todo embrulhadinho e cheiroso, com flores e uma embalagem mais do que linda!


     O primeiro volume da trilogia denominada Crônicas de Amor e Ódio conta a história da Primeira Filha da Casa Real do Reino de Morrighan, a Princesa Arabella Celestine Idris Jezelia (ufa!), que prefere ser chamada simplesmente de Lia. A jovem de dezessete anos não se encaixa nos padrões determinados pela realeza, e também não está disposta a seguir as tradições. O grande problema é que Morrighan é um reino regido e norteado por inúmeras tradições, que vêm sendo seguidas à risca por todos os seus antepassados. A narrativa tem início no dia do casamento de Lia, que, com a desculpa de que o matrimônio selaria a paz entre dois reinos, se vê obrigada a casar com um príncipe do reino vizinho, Dalbreck. Mas, teimosa do jeito que é, não está disposta a aceitar isto de bom grado. Contando com a ajuda de sua dama de companhia, Pauline, Lia foge antes que a cerimônia tenha início. O destino: a cidade alegre, colorida e completamente diferente daquela em que cresceu, Terravin, um lugar onde espera poder viver uma vida normal, longe dos luxos da realeza e onde quer ser, enfim, capaz de controlar o próprio destino. Mas fugir das tradições não é uma tarefa fácil. Deixado para trás no dia do casamento, o Príncipe de Dalbreck se vê então obrigado a partir atrás da garota, mas não é o único a ter esta ideia, pois, a mando do Regente do Reino de Venda, um assassino muito perigoso também segue o rastro de Lia, além dos soldados de seu próprio pai. Assim que li os primeiros capítulos da história, narrada a maior parte do tempo pela própria Lia, mas com capítulos dedicados também ao ponto de vista do "Príncipe" e do "Assassino", várias perguntas me vieram à mente sobre como a autora conduziria a narrativa, mas uma em especial me chamava a atenção: caso ela encontrasse os dois, como saberia quem são, e, o mais importante, quem é o príncipe e quem é o assassino? (e mais, por qual dos dois ela se apaixonaria, se é que faria isso).


"[...] A fuga dela é a má sorte deles e a nossa boa fortuna. Entrar sorrateiramente, sair sorrateiramente: nossa especialidade. Se você conseguir fazer com que isso pareça obra de Dalbreck, melhor ainda. Eu sei que você realizará seus deveres, isso é algo que você sempre faz. Sim, eu sempre cumpri com meus deveres".
       É uma trama que, assim como entrega a sinopse, discute sobre a força feminina e a capacidade de tomar as próprias decisões, controlar o próprio destino rompendo com as amarras das tradições que por tanto tempo regiram a vida das Primeiras Filhas (que eu julgo ser uma alusão à condição das mulheres em geral). Mary E. Person criou uma fantasia muito bem construída, um mundo complexo e intrincado bem como O Senhor dos Anéis, de J. R. R. Tolkien e Game of Thrones, de George R. R. Martin, mas que mantém sua originalidade através de uma escrita fluída e também poética, repleta de referências. Tanto os Reinos, em suas configurações políticas e sociais e suas inúmeras tradições, quanto o conceito de Dom trazido na história... Cada detalhe é bem desenvolvido pela autora, e inserido no tempo exato, permitindo que o leitor consiga de fato emergir no universo de KoD. Por mais que, através das inúmeras teorias que formulei ao longo das páginas, o plot já fosse esperado por mim, a história me deixou completamente sem fôlego, incapaz de largar as páginas, com o anseio de chegar logo ao desfecho. E posso afirmar sem medo que The Kiss of Deception é uma das minhas leituras favoritas do ano. Se você está prestes a embarcar neste romance, uma dica que dou é prestar atenção aos trechos que estão entre os capítulos. É um livro cheio de tramas, mas que ressalta a conquista pela liberdade e o amadurecimento, e preço que se paga por isso. E lembre-se: o amor pode surgir tanto dos mais inesperados lugares e situações, quanto do lugar comum, onde já esperamos encontrá-lo. Mas nem tudo é o que parece ser.

Já conhece o Selo Dark Love? 


     Eu sou fã da Caveirinha e de seus livros maravilhosos de terror, isso não é segredo, mas através deste título descobri um novo selo da editora para amar (literalmente), o Dark Love! Ele é dedicado exclusivamente a publicação de livros mais "amorzinho", que, ao invés de matar os leitores de susto, prometem ainda matar, mas de amores. Essa linha, que possui títulos como Em Algum Lugar nas Estrelas, A Menina Submersa e A Noiva Fantasma, sabe combinar sensibilidade com a atitude própria dos livros da Dark Side, além da fantasia e claro, do terror. As histórias são escritas por mulheres, mas não necessariamente apenas para mulheres, uma vez que têm como proposta agradar diferentes tipos de público, explorando culturas e épocas diferentes das nossas.  Já estou louca para ler outros títulos, e além dos três que já citei, o desejo do momento é O Circo Mecânico Tresaulti, que saiu em uma edição limitada simplesmente maravilhosa! Para saber mais sobre os livros do selo Dark Love é só visitar o site da caveirinha (clique aqui para conhecer)!

Sobre a DarkSide

"Fazemos questão de publicar as histórias que amamos. Algumas viraram filmes, games ou lendas urbanas, mas todas reservam experiências únicas em suas páginas. Edições numeradas de colecionador. Seguindo o padrão quase psicopata de qualidade, cada livro Darkside tem que ser precioso no texto, na capa e no design. Então leia, releia, baixe, divulgue, colecione. No que depender de todos nós, Darksiders, o livro vai continuar mais vivo do que nunca".


18 comentários:

  1. Mulher, deixa te contar que amei as fotos rs ♥ Ficaram lindas. Dá uma dó quando não conseguimos a seleção de parceria, né? Fiquei bem cabisbaixa com as últimas, mas faz parte, é um sinal. TEM QUE SER RS. Sobre o livro, não o conhecia, mas gostei da sinopse e das tuas impressões. Parece ser uma história bem bacana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3 Pois é, esse ano eu tentei umas mil editoras de uma vez e grande parte recusou a parceria. Dá um aperto no coração mesmo, principalmente quando você gosta tanto, mas tanto das histórias da editora. Ainda bem que quem é de casa sempre fica, como a linda da Intrínseca <3 E que outras dão a oportunidade! Achei muito bacana da parte da caveirinha sugerir uma meia parceria KKKKKK E esse livro é simplesmente MARAVILHOSO! Sério, pare o que está fazendo e vá conhecer a Lia <3 Eu amei! Um beijo : *

      Excluir
  2. Oiii!

    Cara, tó suuper afim de ler esse livro, mas ainda não deu pra comprar.
    Mas só pelas resenhas que já li, inclusive a sua e pela sinopse, já sei que é meu tipo de livro!

    Beijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei!!! Eu fiquei curiosa assim que começou a divulgação, e quando ele chegou aqui em casa me apaixonei logo de cara! A edição é linda e a história é muito boa, bem construída e cheia de detalhes incríveis. Fiquei encantada com a Lia e com o mundo criado pela autora! Um beijo : *

      Excluir
  3. Me parece ser um livro bem bacana!
    Adorei as fotos, muito criativas.

    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é muito bom, a história vai intrigando e fazendo com que você crie várias teorias! Adoro esse tipo de livro, apesar de ficar mega ansiosa pelo desfecho KKKKK Obrigada <3 Um beijo : *

      Excluir
  4. Eu já tinha visto esse livro em vários lugares, mas nunca uma resenha e advinha? vou por agora mesmo na minha listinha do Skoob! Obrigada!!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haaa que bom! Sabe aqueles títulos que você lê e fica querendo compartilhar com o mundo? Estou me sentindo assim em relação à KOD! <3 Quando ler me conta o que achou! Um beijo : *

      Excluir
  5. Le!
    Eu estou LOUCA para ler esse livro desde quando o pessoal do booktube havia comentado, nem tinha saído aqui no Brasil ainda. Além dessa capa ser linda, toda a premissa é fascinante. Eu adoro histórias assim. Confio muito no teu gosto, então com mais uma resenha positiva, não tem como não ficar ansiosa para ler. <3

    beijo!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Anne! <3 Pois é, eu também fiquei super ansiosa com ele principalmente por conta do pessoal do booktube e olha, ele é maravilhoso mesmo! KKKK A capa e a edição inteira foram feitas com um cuidado sem igual e a narrativa é bem construída. Dá aquela ansiedade sabe, quando você fica querendo saber logo o que vai acontecer nas próximas páginas. Obrigada <3 Um beijo : *

      Excluir
  6. Que pena que você não conseguiu, Lê.
    Eu fiquei bem sentida em não ter conseguido parceria com a Intrínseca, mas eu entendo, na época da inscrição eu nunca havia feito uma resenha sequer. Era meio difícil confiar no Since. Mas magoei! Ainda mais que tenho vários títulos deles lá em casa.
    Sobre a resenha, achei ótima e até me deu vontade de ler mas não é o tipo de história que me enche os olhos e me faz devorar.
    A Darkside tem uns títulos animais e as capas/pacotes deles são demais.

    P.s: amei as fotos!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, mas ainda tenho esperanças com a Rocco! <3 Eu adoro a intrínseca e eles dão muitas oportunidades para blogs que, assim como o Fleur, ainda não tem tanto alcance, e isso eu acho demais! Recebo, leio e resenho os livros com muito amor e carinho <3 Eu fiquei surpresa com esse livro da DarkSide, porque é justamente diferente do que eles mais publicam, mas é maravilhoso! Obrigada <3 Um beijo : *

      Excluir
  7. Eu li recentemente esse livro e não tenho palavras pra dizer o quanto amei a história, como o livro me surpreendeu em questão de quem era quem e o rumo que acabou indo. É uma dessas história que tu fica louca pra saber o que acontece em seguida!!
    Essa edição da darkside é maravilhosa mesmo, não tem como não ficar babando.... hahaha
    Beijos!!

    www.dearsnowhite.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fiquei completamente apaixonada pelos rumos da história, principalmente pelo fato de ter me surpreendido em relação ao príncipe e ao assassino. E sim, eu ficava extremamente ansiosa querendo saber logo o que aconteceria, qual seria o desfecho dessa ou daquela situação... enfim, muitas coisas! Quero o 2 logo <3 Um beijo : *

      Excluir
  8. Eu tinha medo da caveirinha mas agora acho que estou entrando no clima. Como esse livro não é dark fiquei doida para ler. Outros que estão na lista é o último adeus e em algum lugar na estrelas. *O*

    Beijos!
    http://www.prateleiracolorida.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre gostei dos títulos deles, mas esse me encantou de uma maneira sem igual, sério! Fiquei completamente apaixonada pela historia e preciso muito do volume 2 pra ontem KKKKKKK Um beijo : *

      Excluir