sexta-feira, 24 de junho de 2016

Resenha: Anna Vestida de Sangue


"Thunder Bay, Ontário, é o nosso destino. Estou indo lá para matá-la. Anna. Anna Korlov. Anna Vestida de Sangue". 

    Sinopse: Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro. Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas. Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Porque Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?

Título: Anna Vestida de Sangue
Autor: Kendare Blake.
Páginas: 252 páginas.
Editora: Verus Editora (Grupo Editorial Record).
ISBN: 978857686443-1.


"Ao longo da vida, estive em muitos lugares. Lugares sombrios onde coisas deram errado. Lugares sinistros onde coisas ainda estão erradas. Sempre detesto as cidades banhadas de sol, cheias de condomínios novos com garagens para dois carros em tons bege-claro, cercadas por gramados verdes e fervilhando de crianças risonhas. Essas cidades não são menos assombradas que as outras. Apenas mentem melhor. Gosto mais de chegar a um lugar como este, onde o cheiro de morte é trazido a você a cada respiração". 

Algumas Impressões 

      Sabe aquela velha frase clichê do tipo “quando eu comecei a ler este livro tinha outra impressão dele, mas, no decorrer da leitura, tudo mudou”? Foi exatamente assim que me senti em relação à Anna Vestida de Sangue, da autora Kendare Blake. Eu nunca tinha ouvido falar da autora e também não conhecia nada sobre o enredo, até que, assistindo a um vídeo do Geek Freak sobre livros que seriam lançados e que ele gostaria de ler (clique para assistir também), fiquei louca de curiosidade para ler também. Então imagine a felicidade quando o título veio como opção dentre os pedidos da parceria com o Grupo Editorial Record! (Ha, só para constar, nos últimos meses eu demorei mais do que o normal para concluir minhas leituras, tudo por conta do meu trabalho de conclusão de curso. Mas agora, com o fim da saga da monografia e a minha formatura (é dia 05 de julho!), tudo vai voltar ao normal viu? Talvez role até BEDA em agosto!) Bom, para começo de conversa não consigo me lembrar de já ter lido uma história como essa, o que, logo de cara já é algo que conta muito, mas muito a favor deste livro, uma vez que conquista pela originalidade do enredo. Com uma trama voltada completamente para o sobrenatural e seus inúmeros mistérios, a narrativa é direta e fluída, onde os fatos se desenrolam através do ponto de vista do personagem protagonista, Cas Lowood. Ele, assim como seu pai, o pai de seu pai e os demais antepassados, é um caçador profissional de fantasmas, responsável por dar um fim à existência deles em nosso plano e impedir que continuem matando pessoas da mesma forma que foram mortos / morreram. 


"É engraçado o que acontece com fantasmas. Eles podem ter sido normais - ou quase - enquanto estavam respirando, mas, assim que morrem, se tornam obsessivos típicos. Ficam fixados no que lhes aconteceu e se aprisionam no pior momento. Nada mais existe em seu mundo a não ser a lâmina daquela faca, ou a sensação daquelas mãos em sua garganta. Eles têm o hábito de expressar essas coisas, geralmente por demonstração. Se você conhece a história deles, não é difícil prever o que vão fazer".

       Theseus Cassio, o Cas, é um personagem complexo ao mesmo tempo em que se mostra simples (além de ter um nome super legal, vamos combinar), e Anna me desafiou a amá-la e odiá-la ao mesmo tempo em que criava diversas teorias para o que afinal teria acontecido com ela para que seu fantasma fosse tão diferente e poderoso, uma ameaça sem igual, que Cas nunca antes havia enfrentado. Além da trama principal - que se desenrola entre Cas e Anna - pelo menos duas outras subtramas se fazem presentes ao longo da narrativa, o que acaba provocando uma reviravolta simplesmente surpreendente nos capítulos finais. Isso sem falar no desfecho, que aguça a curiosidade do leitor por uma possível continuação e muda completamente a concepção que este possui de quase todos os personagens envolvidos na história (principalmente no que diz respeito à Anna). Basta dizer que, de todas as teorias que fui formulando ao longo da leitura, nenhuma delas sequer se aproximava do que a autora tinha preparado. Seja você alguém apaixonado por história de fantasmas e o sobrenatural em geral (eu ouvi alguém dizer Supernatural? Ghostbusters? Alguém?), ou até o mais medroso dos leitores, tenho certeza que Anna Vestida de Sangue vai te conquistar de alguma forma (seja pelo terror ou até mesmo pelo... Pensando bem, acho melhor você descobrir por si mesmo). Favoritado e recomendado!


Sobre o Grupo Editorial Record

Uma empresa 100% nacional: o maior conglomerado editorial da América Latina fala português. Com onze perfis diferenciados — Record, Bertrand Brasil, José Olympio, Civilização Brasileira, Rosa dos Tempos, Nova Era, Difel, BestSeller, Edições BestBolso, Galera e Galerinha — o objetivo é sempre trazer o que há de melhor para o leitor brasileiro.


3 comentários:

  1. Primeira resenha que pego classificação alta, ou seja, estou mais ansiosa para ler.
    Amo o gênero!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li outras resenhas e não consigo entender porque as pessoas não gostaram do livro! Ele é muito bacana! Leia logo pra gente comentar KKKKK Um beijo : *

      Excluir
  2. Eu adoro essa pegada sobrenatural! Mas acabei não o solicitando. Poxa, agora estou morrendo de vontade! haha Principalmente depois dessa resenha tão empolgada da sua parte :D Beijos!!!

    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir