sábado, 9 de abril de 2016

Sessão Pipoca: Batman Vs. Superman


Não contém spoilers. 

         O confronto entre Superman (Henry Cavill) e Zod (Michael Shannon) em Metrópolis fez com que a população mundial se dividisse acerca da existência de seres de outros planetas na Terra. Enquanto muitos consideram o Homem de Aço como um novo deus, há os que o considerem extremamente perigoso. Será justo que haja um ser tão poderoso sem qualquer tipo de controle? Bruce Wayne (Ben Affleck) faz parte do grupo dos que acreditam que um ser perigoso, dotado de tamanho poder, deve ser controlado. Sob o manto de um Batman violento e obcecado, ele investiga o laboratório do cientista Lex Luthor (Jesse Eisenberg), que, coincidência ou não, acaba de descobrir uma pedra especial, composta de um material único, capaz de enfraquecer os filhos de Krypton.

Título: Batman Vs. Superman – A Origem da Justiça. 
Duração: 2 horas e 33 minutos.
Direção: Zack Snyder.
Gênero: Ação, Fantasia. 
Lançamento: 24 de março de 2016.


Algumas Impressões

       Confesso que demorei mais do que esperava para escrever esta resenha. O trocadilho pode parecer infame, tendo em vista a “rivalidade” entre as editoras (que está apenas nos olhos daqueles que nisto acreditam, por sinal), mas o lançamento de Batman vs. Superman: A Origem da Justiça, causou uma espécie de guerra civil. De um lado, os fãs, que consideraram o filme uma das mais épicas produções de super-heróis a chegar aos cinemas. De outro, a chamada crítica especializada, que – vejam só - criticou o olhar que o diretor Zack Snyder lançou sobre os personagens e a construção da narrativa, que, segundo os mesmos, preza muito pela imagem, mas não é envolvente o suficiente. Não sou formada no assunto, e quero deixar claro que expresso aqui apenas minha opinião pessoal, isenta de características técnicas ou elaborações mais complexas, mas, sendo o cinema uma arte voltada, dentre outras coisas, para o entretenimento, o filme cumpre seu papel. Do fã de quadrinhos, que entende todas as referências intrínsecas no longa (que são muitas) - desde momentos vividos nas histórias em quadrinhos dos mais diferentes arcos a referências diretas aos filmes de animação da DC Comics -, ao expectador “leigo”, apenas um entusiasta do gênero de super-heróis. Seja você um fã do Morcego de Gotham, do Homem de Aço ou da Mulher Maravilha (e também de outros personagens, mas isto já é outra história), o filme, que chegou aos cinemas no fim de março, é capaz de encantar e envolver cada expectador a seu próprio modo, além de preparar o terreno para as próximas produções cinematográficas ligadas ao universo DC, como o tão sonhado Liga da Justiça e o filme solo da Mulher Maravilha.


           Com várias subtramas se desenvolvendo ao longo da narrativa principal (a briga entre dois dos mais icônicos super-heróis), o filme aborda conceitos interessantes, como a xenofobia e a cultura do medo, e traz uma pegada mais sombria aos filmes de super-heróis, principalmente se comparada com o que têm sido desenvolvido no Universo Cinematográfico da Marvel, por exemplo. O contraste presente ao longo do filme entre homens e deuses, seres comuns e superseres, mortais e também imortais, dá um tom conceitual e de fato mítico a alguns personagens, reunidos pela primeira vez em uma produção para o cinema. Algo que me surpreendeu foi o fato da história parecer se passar em sequência aos acontecimentos da trilogia “O Cavaleiro das Trevas”, onde Batman foi interpretado pelo ator Christian Bale. Personagens já conhecidos ainda não se mostram totalmente, como o grande vilão das histórias do Superman, Lex Luthor (Jesse Eisenberg), que dá a impressão de estar ainda “em construção”. Já outros, como Lois Lane (Amy Adams) têm uma participação, na minha opinião, exaustiva, e um tanto forçada em determinados momentos, mas que, no fim das contas, acaba se justificando. O grande destaque vai para a Mulher Maravilha interpretada pela atriz Gal Gadot, que deu vida à princesa amazona com maestria. A verdade é que o filme esconde grandes surpresas, e que eu recomendo infinitamente que você o assista, até porque, adorei cada minuto das mais de duas horas e meia de duração do longa. Mas se você ainda não viu e está perdido (a) em meio a tantas opiniões conflitantes, o meu conselho é que se isente de escolher um lado (críticos vs. fãs), e vá curtir este, que é, acima de tudo, um bom filme de super-heróis, repleto de ação, aventura e um número considerável de reviravoltas (ha, e não esqueça a pipoca).


12 comentários:

  1. Eu sempre curti mais os personagens da Marvel e não sou a maior fã destes personagens específicos da DC, mas confesso que estou louca pra conferir o filme! Principalmente para ver este novo Batman que, de acordo com algumas opiniões, está mais cansado, porém bem mais sombrio. Você também achou isso, Lê? Ou parece mais exagero? Hahahahahahahahhahhahahaha
    Mesmo não sendo fã de Batman, tive a impressão de que vou realmente gostar deste filme, não sei porque, hahahahahahahahhahhahahaha!

    Beijooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gosto de admitir, mas também tenho um amor maior pela Marvel, porém gosto muito dos personagens da DC comics. Bom, ele é um Batman mais velho, já bem calejado pelo tempo e pelas diversas lutas, mas está mais sombrio, maduro e um tanto rabugento também KKKKK No geral ficou muito bom! E você vai gostar sim! Eu também acho que vai KKKKK Um beijo : *

      Excluir
  2. Ah, vou fazer comentários com spoilers, porque sim! hsauhusa (já ta avisado: TEM SPOILERS AQUI!)
    Fui ver o filme na pré-estréia, não porque pretendia, mas surgiu a oportunidade, então eu fui. Minha expectativa tava toda na Mulher Maravilha, porque era o que eu queria ver! E não fiquei decepcionada em momento algum. Não chorei na hora, mas depois em casa, fazendo um iconzinho lindo de Gal pra usar no tumblr, eu chorei igual criança porque eu tinha visto a MM <3
    Eu achei muito injusto das críticas falarem só dos pontos negativos do filme, faz parecer que ele é uma completa bosta, parece que você ta entrando no cinema pra ver o pior filme de terror da história dos piores filmes de terror. O filme tem seus problema igual muitos filmes tem, mas também tem muita coisa boa pra se falar sobre o mesmo, parece que fazem isso por pirraça, só porque muitas pessoas botaram fé no filme os caras falaram "vamos detonar o bagulho!!!!", não acho que é o melhor filme de super heróis, mas ta longe de ser o pior também.
    Eu tenho um sério problema com a Lois, eu não consigo gostar dela! É o mesmo caso da MJ naquela primeira trilogia do Spider, não importa o quanto eu me esforça-se, não conseguia gostar dela. Por que que ela tinha que jogar aquela lança naquele buraco de água?! MOLIER, NÃO MEXE NISSO! hsuahusahuashu
    Naquela luta Superman X Batman, eu achei de verdade que o Bruce ia levar a maior porrada, mas o cara desceu o cacete no Superman. Talvez eu tenha rido da desgraça alheia...
    No fim das contas eu só quero saber do filme da Liga da Justiça, a aparição do Flash me deixou pilhada pro filme dele. Como faz pra esses filmes chegarem logo?! hsuahushau
    Até que não dei tantos spoilers monstros... hsuahusa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou desolada. Tinha acabado de escrever um comentário gigantesco respondendo o seu, e quando cliquei em publicar... o computador desligou e eu perdi todo aquele precioso texto. Sinceramente, me deu uma vontade de chorar semelhante à quando ele desligou e eu estava escrevendo um parágrafo de um trabalho importante que nunca mais foi o mesmo. Realmente muito triste. Mas enfim, o que fazer senão escrever tudo de novo né? Pois vamos lá KKKKKKKK Eu assisti ao filme na estréia, pois o cinema da cidade onde moro não trouxe pré legendada, apenas dublada. Não que eu não goste de filmes dublados, mas ultimamente, a não ser que seja uma animação, eu prefiro assistir com o áudio original. Minha expectativa principal, assim como a sua, também estava voltada para a Mulher Maravilha, tanto que fui com uma camisa e com o colar dela. Meu nível de vício estava alto, porém controlado, a ponto de eu não inventar um cosplay para a ocasião, como fiz em Star Wars. Quando ela apareceu, mesmo que não estivesse ainda com a roupa de batalha, fiquei extremamente emocionada, pois reconheci diversas referências aos quadrinhos e principalmente às animações da DC Comics, que eu adoro e cresci assistindo. Quando saí do cinema, completamente desnorteada pelo que tinha acabado de ver, a quantidade de referências, os personagens, as sequências, fiquei absolutamente angustiada com a quantidade de críticas negativas que comecei a ver sobre o filme. Não conseguia entender porque tanto ódio no coração da chamada crítica especializada, que criticou até o andar do figurante que passou na cena não sei qual bem lá no fundo quase sem ninguém perceber. Realmente parecia que eles estavam procurando motivos para criticar a produção, que claro, não é isenta de falhas. Eu não sou formada no assunto nem nada, mas gente, eu vi uma crítica onde a pessoa disse que o filme pecava por ser épico demais. Pelo amor de Deus né minha gente, vamos procurar uma roupa pra lavar porque tá complicado. KKKKKKKK Sobre a Lois, eu estava muito incomodada com ela também, porque ela estava avulsa em diversas cenas e eu ficava pensando o que ela estava fazendo ali com a figuração dela. Na hora da lança eu quase gritei com ela para o cinema todo ouvir, porque algo me dizia que eles iam precisar daquele negócio logo, e ela estava fazendo uma merda gigante KKKKKKKK Sobre a luta, eu particularmente achei o Batman bem apelão, porque se não fossem as armas que ele criou, verdade seja dita, mas ele nunca ia conseguir bater no Superman. Eu também estou altamente ansiosa para os filmes seguintes, não só o da Liga da Justiça, mas principalmente o da Mulher Maravilha e o do Aquaman, que vou te contar, foi uma coisa à parte naquele filme... KKKKKKKKK Sobre o Flash: TE ENTENDO! Ufa, acho que dessa vez eu consegui comentar sem o computador estragar tudo KKKKKK Um beijo : *

      Excluir
  3. A minha única questão em assistir esse filme é:
    medo da atuação do Ben Affleck!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tinha um pequeno receio em relação a isto, mas a dica que eu te dou é: não tenha! Está um tanto diferente, até pelo contexto, mas não deixa a desejar! Um beijo : *

      Excluir
  4. Eu curti muito esse filme! Não sou leitora de HQs, e tudo que sei desse universo são coisas que vejo nos filmes ou pergunto pros amigos mais nerds. Mas achei sensacional! Tirando uma ou outra cena do Batman, que mais parecia daquele Batman antigo que subia nas paredes com uma cordinha (PUM SOC BANG), o resto me impressionou bastante, tanto pela qualidade quanto pelo enredo envolvente. O filme é longo, mas não está nem perto de ser chato. Concordo com a sua resenha! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! <3 Eu também achei bem longo, mas acontecem tantas coisas, tantas tramas se desenrolando e se encaixando... que acabei nem percebendo o tempo passar num primeiro momento. Concordo com seu posicionamento sobre o Batman, em algumas sequências parecia que ele estava no passado KKKKK Mas no geral é muito bom! Um beijo : *

      Excluir
  5. Eu achei super injustas as demasiadas críticas negativas, saí do cinema em transe pensando "esse é um dos melhores filmes que já assisti" e quando vejo as opiniões, todo mundo acabando com ele.

    Não sou crítica e tão pouco entendedora de gibis, super heróis, mas o pouco que conheço da história já foi o suficiente para me manter atenta a todos os detalhes e me sentir totalmente satisfeita com o filme.

    Adoro a sua escrita!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tive a mesma reação que você. Sai do cinema sem saber o que fazer da minha vida de tão desnorteada que o filme me deixou, e assim que abro o celular uma enxurrada de críticas negativas inundando a tela, vinda de todas as redes sociais. Na minha visão a coisa toda se transformou realmente em uma guerra civil, porque os fãs discordaram - e muito - da crítica. Muito obrigada! <3 Um beijo : *

      Excluir
  6. Meu namorado me faz ficar sempre ligada nesses lançamentos de super heróis, porque ele que é viciado...ai eu agora to entrando nessa onda também haha
    Ainda não tive a chance de assistir esse filme D: Mas vou assistir assim que der :P


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é muito bom! Eu sou viciada em super-heróis KKKKK Então né? Um beijo!

      Excluir