domingo, 29 de março de 2015

Sessão Pipoca: Cinderela

      

   Era uma vez... uma menina que vivia feliz com os pais em seu pequeno reino, mas que, ao perder a mãe, viu o pai se casar novamente, ganhando assim uma madrasta e duas irmãs. Como um golpe do destino, seu pai - que era mercador - adoeceu e morreu durante uma de suas viagens, deixando todas à própria sorte. "Como vamos nos sustentar agora?" - perguntou a madrasta. Com a escassez de recursos, ela demitiu os empregados, e, a cada dia, era a menina que realizava todas as tarefas domésticas. Para ela, uma distração de sua dor, para a madrasta e suas duas desprezíveis filhas, uma criada.
   A menina havia feito uma promessa à mãe: a de ter coragem e ser gentil. Por este motivo, aguentava sem reclamar os desmandos da madrasta, e buscava ver sempre o melhor de cada pessoa. Elas a humilhavam, e, ao longo do tempo, começaram a chamá-la de Cinderella, a gata borralheira. Um dia, cansada da forma como a madrasta e suas duas filhas a tratavam, fugiu para a floresta. Ha, a floresta. O mesmo destino que tirara seu pai e a fizera tornar-se criada em sua própria casa, agora sorria para ela. De que outra forma Ella encontraria um príncipe, se não tivesse fugido por causa das humilhações da madrasta? 


     Seu nome era Kit. Era assim que seu pai lhe chamava quando não estava bravo com ele. Era um aprendiz. Ao avistar Ella na floresta, logo se encantou. Não somente por sua beleza, mas pela gentileza, humildade e também coragem que emanavam dela. Trocaram algumas palavras, e quando ela foi embora, ele sentiu que precisava vê-la novamente. Por mais que Ella não soubesse disso, Kit era um príncipe, e seu pai, o Rei, não estava bem de saúde e precisava que o filho escolhesse uma noiva. 
     "E se déssemos um baile?" - sugeriu o Grã Duque. A ideia agradou a todos. Mas ansiando ver Ella novamente, o príncipe impôs uma condição: só escolheria uma noiva no baile se todas as moças do reino fossem convidadas, nobres ou não. A notícia logo se espalhou, e com a ambição de conseguir um casamento mais do que vantajoso para uma de suas duas filhas, a madrasta viu a oportunidade de que precisava.  Já a menina, só desejava ver seu amigo Kit, o aprendiz novamente, e começou a esperar ansiosamente pelo dia do baile.


     Quando o Grande Dia chegou, a madrasta e suas filhas estavam mais do animadas. Vestidos novos e até mesmo uma carruagem haviam sido providenciados. Ella havia concertado um vestido antigo, que pertenceu à sua mãe, e também estava pronta. Mas a madrasta não a deixou ir com elas. "Você não irá o baile!" - disse ela, depois de rasgar o vestido da menina. A tristeza caiu sobre ela, ao vê-las partir para o baile deixando-a para trás. De que valia a coragem e a gentileza diante da maldade? 
      O que ela não sabia é que não eram somente os ratinhos - seus únicos amigos - que escutavam seu lamento. Uma velha senhora  estava ali por perto, e , ao ouvir o choro de Ella, perguntou se ela teria um pouco de leite ou um pedaço de pão para oferecê-la. Sempre gentil, a menina atendeu ao pedido, e, naquele momento, aquele pequeno gesto de gentileza tornou-se maior do que toda a maldade da madrasta.


      O resto da história, você já conhece não é mesmo? A mágica, o baile, o encontro com o príncipe, a fuga ao ouvir as badalas do relógio que marcava a meia-noite, o sapatinho de cristal e o final feliz. Todos conhecemos a história de Cinderella. Mas, mesmo assim, o filme lançado em 26 de janeiro de 2015 é inovador, nos brindando com algumas surpresas ao longo do enredo. Os  atores, cenários, efeitos, figurinos e a trilha sonora... Nesta produção dos estúdios Disney, tudo é escolhido de forma a encantar o expectador, dando uma nova roupagem ao clássico conto de fadas.


      A música "Lavander's Blue"  é o destaque da trilha sonora impecável de Patrick Doyle. O filme é visualmente muito bonito. O figurino é um dos elementos mais fantásticosjuntamente com os elementos utilizados para compor as cenas (saí do cinema desejando metade das peças). Já no elenco, destaque para a atriz Helena Bonham Carter (Harry Potter e metade dos filmes do Johnny Deep) no papel de Fada Madrinha e para Cate Blanchett (O Senhor dos Anéis, O Hobbit) no papel de Madrasta, além dos jovens atores Lily James (Cinderella) e Richard Madden (Príncipe Kit).

"Nas últimas décadas, grandes estúdios de animação como a Dreamworks e a Pixar se especializaram em tratar a imagem animada com o máximo de realismo possível. Os cabelos do príncipe de Shrek balançavam ao vento como cabelos de verdade; os cachorros, robôs e brinquedos da Pixar eram mais complexos do que muitos personagens de carne e osso. Agora, a Disney começa a efetuar o movimento contrário: levar o estilo mágico da animação à filmagem com atores." (Crítica Adoro Cinema).

Título: Cinderela (Cinderella).
Direção: Kenneth Branagh.
Gênero: Fantasia, Romance, Família. 
Duração: 1 hora e 44 minutos. 
Produção:  Walt Disney Estúdios. 
   

Observação: Esta postagem faz parte do projeto 24 filmes para 2015, do grupo Blogs que Interagem, categoria Conto de Fadas.

8 comentários:

  1. Esse filme parece ser tão lindo. Não vejo a hora de poder ver, mas acho que esperarei o torrent haha. Mais uma ótima resenha! :)

    http://anneandcia.blogspot.com.br/2015/03/resenha-os-instrumentos-mortais-cidade.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é! Um amor só, gostei demais <3 Eu estou em uma espécie de propósito este ano: ver o máximo de filmes no cinema possível! Obrigada <3 Falando nisso, gostei muito da sua resenha de Os Intrumentos Mortais! Pena que não farão a sequência. Um beijo : *

      Excluir
  2. Que jeito mais lindo de fazer uma resenha <3
    Já foram feitas muitas adaptações da história, mas por essa ter sido feita pela Disney e por ser tão parecida com a animação de 1950, é muito mais mágica! As imagens são lindas e eu admiro muito o diretor! Amei como escreveu sobre o enredo mas sem revelar nenhum spoiler, guardando as surpresas pra quem for assistir!
    Agora só resta esperar pela Bela e a Fera com a linda da Emma Watson e o lindo do Luke Evans, pra podermos ver mais desse encanto dos desenhos da Disney passados para a vida real.
    Um abraço ;*

    www.quando-no-fandom.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ~~ arco íris ~~ <3 Eu achei tudo lindo, cada momento é mágico! Sim! Eles acabaram de anunciar mas eu já estou morrendo de ansiedade para a Bela e a Fera com a nossa eterna Hermione <3 Espero que seja tão lindo e bem construído com foi Cinderela! Um beijo : *

      Excluir
  3. Amando essa fase da Disney de fazer novas adaptações de contos de fadas! Ansiosa demais para assistir esse filme, só o trailer já é encantador!

    Bjim ;)

    One Clumsy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também! Além de Cinderela, anunciaram a Bela e a Fera com a linda da Emma Watson e agora tá rolando o boato de que vai sair Mulan também <3 Vou ficar mega pobre desse jeito! KKKKK Um beijo : *

      Excluir
  4. Adoro!!! Podem fazer mil filmes da Cinderela que eu vou ver todos hihi Assisti esse e gostei muito, principalmente o figurino dele :D Parabéns, sua resenha ficou diferente e bem legal.
    Beijos, Valen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Mas eu gostei particularmente desse! O figurino, fotografia, cenários, trilha sonora.. tudo lindo <3 Muito obrigada! Beijos : *

      Excluir