quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Resenha: O Poder do Tempo Livre

“Você quer mudar sua vida, mas não tem tempo. Bobagem. Todo mundo tem tempo. Confie em mim. A ideia deste livro é que você encontre tempo onde acha que ele não existe. Que você descubra o que realmente gosta de fazer, para criar um projeto paralelo ou aperfeiçoar o que você já faz. Escolha viver uma vida incrível. Ela é muito curta para não ser”. 

Sinopse: “Se você pegou este livro, é porque algo o incomoda. Seja na vida pessoal, seja no trabalho em que você está, seja na sua carreira como um todo, seja no futuro que você enxerga, algo está faltando. Grande parte das pessoas que hoje está infeliz no trabalho está assim porque não se sente “encaixada”. Ou seja, não faz aquilo que gosta. Ou até gosta do que faz, mas na verdade gostaria de estar fazendo outra coisa. Se nosso trabalho está um saco, a gente tem que fazer alguma coisa. Se não estamos dando vazão para nossa criatividade, precisamos fazer alguma coisa. É hora de agir. Se estamos em busca de uma vida com mais significado, criatividade, diversão, paixão e propósito, precisamos agir. É hora de pegar nosso tempo livre, o único tempo disponível, e fazer com ele algo que nos seja útil”. 

Título: O Poder do Tempo Livre: Descubra seu potencial, crie projetos paralelos e torne sua vida mais incrível.
Autor: Luciano Braga.
Páginas: 112 páginas.
Editora: Belas Letras. 
ISBN: 978-85-8174-388-2.

 
“Livros como este que está em suas mãos têm o objetivo de ser catalisadores. Trazem um conteúdo que demanda ação posterior. Não quero que você apenas leia e siga sua vida da mesma forma. Se você chegou até aqui é porque algo lhe incomoda. E se minhas ideias fizerem sentido para o que procura, então realmente espero que, a partir desta leitura, você encontre tempo onde acha que não tem e, a partir dele, um projeto novo surja ou que você utilize o conhecimento contido aqui para aperfeiçoar aquilo que já faz”. 

Algumas Impressões 

Antes de falar mais abertamente sobre este livro, quero dizer que o li em meu tempo livre. Tempo este que eu não sabia que existia, mas que fui descobrindo à medida que fazia a leitura de “O Poder do Tempo Livre”, do autor Luciano Braga. Na verdade, confesso que ainda estou aprendendo a identificar estes momentos no meu dia-a-dia, uma vez que a rotina é apertada e em algumas ocasiões parece que serei engolida por todas as coisas que tenho para fazer! Como trabalho com produção de conteúdo para diferentes segmentos, estou sempre em busca de informações das mais variadas áreas, e, com a demanda aumentando constantemente, o tempo gasto pesquisando e aprendendo sobre assuntos que antes eu não dominava para que possa escrever sobre eles também aumenta. Deste modo, muitas vezes as horas de trabalho se tornam tão exaustivas que acabo deixando de lado projetos ou atividades criativas e estimulantes, as quais gosto de realizar, em detrimento de alguns minutos à mais de descanso ou de algum outro entretenimento “inútil”, como passar horas na frente da televisão ou mesmo conferir com frequência uma rede social, por exemplo. E é justamente sobre isso que se trata este título: sobre aproveitar melhor o tempo que temos, nos aventurar em projetos paralelos e ter uma vida mais criativa, produtiva e feliz hoje.

 
“Encontre tempo livre onde você acha que não tem. Mas não para descansar. Para encontrar seu propósito e empreender. Comece um projeto paralelo. Agora”.

Em suas pouco mais de cem páginas, este livro que não é para ser livro, mas sim vivido, quer lhe dizer que, independentemente do que te incomoda (ou em que área da vida), é possível mudar, organizar, reorganizar, planejar e executar, principalmente no que diz respeito ao futuro profissional. Muitas pessoas vivem infelizes em suas carreiras por medo de embarcar no que realmente gostam de fazer, criar projetos paralelos enquanto seguem a rotina de oito ou mesmo doze horas diárias em um trabalho que elas podem até gostar, mas onde sentem constantemente que algo está faltando. Mas mesmo que se lamentar e continuar seguindo a rotina possa parecer uma opção confortável à primeira vista, com um olhar mais aprofundado sobre a questão é nítido o quanto isso não precisa se tornar naturalizado. Precisamos nos sentir motivados, dar vazão à nossa criatividade, apostar no que nos trás felicidade e não apenas retorno financeiro. Somos capazes de viver uma vida com mais significado, diversão, paixão e propósito. Só precisamos agir e finalmente fazer alguma coisa. E é aí que entra o tempo livre que juramos todos os dias que não existe. Como comentei em uma postagem recente, onde indiquei 5 livros para uma vida mais produtiva e criativa, ultimamente tenho pesquisado muito sobre estes temas, e sinto que as coisas que tenho aprendido vão me ajudar muito em 2018. Este ano foi repleto de coisas boas sim, mas acredito que meus projetos paralelos, como o próprio blog e também o Canal do Fleur (que está há um mês “esquecido”) merecem mais atenção, pois estimulam a minha criatividade e me fazem muito, mas muito felizes. No mais, esta é uma leitura mais do que recomendada, e agradeço à Editora Belas Letras por me proporcionar a possibilidade de conhecer este livro (que se eu pudesse daria de presente de natal para todos os meus amigos).

Sobre a Belas Letras
A editora nasceu em 2008 com o compromisso de aproximar a literatura dos temas da era digital e da cultura pop, com um catálogo enxuto e de qualidade e uma proposta editorial moderna. É rock e pop. É arte, viagem, gastronomia, ciência e humor. É estilo de vida, universo digital, comportamento e inspiração. É uma nova experiência entre os leitores e seus livros. Porque, para nós, ler é se conectar, e se aproximar daquilo que mais amamos.



4 comentários:

  1. Super quero dar uma chance para essa leitura.
    Como faço MIL coisas ao mesmo tempo, acredito que ele vai me ajudar a focar no que realmente importa rs.
    QUERO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miga, compra já! É maravilhoso e bem curto, então é uma leitura rápida mas da qual eu tirei muito proveito! O autor também é super acessível e achei demais as ideias dele <3 Eu tô no time das pessoas que fazem mil coisas e tenho tentado aplicar as dicas! Um beijo <3

      Excluir
  2. Aprender a enxergar esses momentos que gastamos literalmente com besteiras é importante mesmo, se a gente não para pra pensar, fazemos tudo no automático e não nos damos conta de que podemos abrir espaço para colocar em prática algum projeto. Tudo acaba sendo uma questão de organização! Acho que é um livro bem inspirador, pra gente começar a aproveitas as oportunidades do momento e não ficar idealizando um futuro que se a gente não trabalhar no hoje, nunca vai chegar, né? Vou adicionar a listinha, gostei do tema!
    Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, nós fazemos tudo no automático! Eu ando constantemente com essa sensação e isso me incomoda demais, sabe? Esse livro foi ótimo para que eu começasse a mudar algumas coisas e bolasse outras para pôr em prática ano que vem! Um beijo :*

      Excluir