quinta-feira, 16 de novembro de 2017

5 Livros para uma vida mais produtiva e criativa

Recentemente, mais especificamente quando terminei a leitura de “O poder do tempo livre”, do autor Luciano Braga, parei para pensar no quanto tenho lido e pesquisado sobre criatividade, produtividade e otimização ultimamente. Para se ter uma ideia, pelo menos cinco das minhas leituras mais recentes abordam estes assuntos, e tenho, diariamente, tentado colocar em prática as inúmeras técnicas e dicas baseadas nestas obras, que comumente têm como referência estudos desenvolvidos em universidades conceituadas e cases de sucesso. Como trabalho com produção de conteúdo para diferentes segmentos (além dos que abordo aqui no Fleur), estou sempre em busca de novas informações que possam contribuir para o meu processo criativo, assim como de métodos os quais possa colocar em prática para alcançar desejos e objetivos que hoje estão apenas no papel. Pensando nisso, no post de hoje vou indicar as tais cinco leituras recentes das quais falei, pois, melhor do que descobrir novas formas de organizar a vida, realizar sonhos, colocar projetos em prática e crescer profissionalmente, é compartilhar estas informações para que mais pessoas possam alcançar seus próprios objetivos, certo? 
 
Vai Lá e Faz: Como empreender na era digital e tirar ideias do papel, de Tiago Mattos

Sinopse: “Nos últimos anos, o mundo dos negócios enfrentou dois fenômenos importantíssimos. Um é o boom do empreendedorismo. Inspirados pela revolução digital, muitos indivíduos (que sempre sonharam em empreender) perceberam um cenário fértil para tirar ideias do papel. Era hora de ir lá e fazer. O outro fenômeno é a reestruturação das empresas tradicionais. Instituídas no período pré-revolução digital, elas precisaram rever processos, formatos e métricas de sucesso. O que funcionava ontem definitivamente não funcionaria no futuro. Era hora de ir lá e fazer. Este livro é para empreendedores novatos e experientes. Ambos estão diante de imensas oportunidades e desafios. Ambos estão testemunhando o início da maior transformação que o mundo do trabalho já viveu”.

Porque eu indico? Este livro abriu meus olhos em relação ao tema “empreendedorismo na Era Digital”, e, além de ter uma relação direta com o meu dia a dia e a profissão que exerço, serviu como um estímulo e tanto para rever meus processos de aprendizado, criação e execução de projetos, afinal, tirar as ideias do papel é muito mais do que apenas começar alguma coisa. É se organizar, saber que mudar de direção é algo saudável e se empenhar constantemente para que o projeto se torne autossustentável e benéfico. Além disso, precisamos nos aperfeiçoar sempre, e abandonar a ideia de que um “modelo de sucesso” é atemporal (clique para ler a resenha). 
A Arte da Criatividade, de Rod Judkins

Sinopse: “Em capítulos breves e atraentes, o professor e crítico de arte inglês Rod Judkins apresenta de maneira enganosamente simples alguns dos mais diversos processos criativos, mostrando como cada um de nós pode aprender com eles para melhorar nossas vidas e nosso trabalho. São conselhos improváveis, que mexem com nosso comodismo para estimular uma das áreas menos exigidas do século digital: a criatividade. Tudo isso através de um passeio pela biografia de artistas, cientistas e executivos que mudaram as regras do jogo por acaso, acidente ou ousadia, procurando momentos cruciais nas vidas de nomes tão diferentes quanto os Beatles, Frank Lloyd Wright, Michelangelo, Miles Davis, Nikola Tesla, Matt Groening, Salvador Dalí, Steve Jobs, Andy Warhol, Coco Chanel, Alexander McQueen, Frida Kahlo, James Joyce e Francis Ford Coppola”.

Porque eu indico? Escrito pelo professor Rud Judkins, da Saint Martin’s College of Art, uma das escolas de artes mais importantes da atualidade, este livro traz inspirações valiosas para aflorar e dar asas à nossa criatividade, reunindo os mais diversos processos criativos e explicando de forma simples e dinâmica como cada um de nós pode aprender com eles para melhorar tanto as nossas vidas quanto as atividades que exercemos diariamente (clique para ler a resenha). 
101 profissões fora do comum para pessoas nada normais, de Anderson Couto e Emerson Couto

Sinopse: “À beira de um ataque de nervos porque o vestibular está chegando e, putz, não tem nem ideia do que quer estudar? Então este livro é para você. Desenhando novos rumos para sua vida profissional, entre um rabisco e outro no guardanapo da mesa do bar? Este livro é para você também. Se nem casamento é para a vida toda, por que uma carreira seria? Chegou a hora de se divorciar do seu trabalho sem graça. E descobrir o que o motiva de verdade”.

Porque eu indico? Independentemente da idade que você tenha, pelo menos uma vez na vida já se questionou sobre o que queria fazer da vida – e mudou de ideia várias vezes. E se você está enfrentando esta fase de escolhas, se anda pensando em mudar o foco da sua vida profissional ou mesmo se está feliz com a carreira que tem, este guia irreverente e nada convencional é perfeito para você. Com 101 indicações de profissões fora do comum, de “coach de selfie” a “degustador de cerveja”, o guia ainda conta com um teste nada científico, que direciona o candidato às possíveis opções de carreira através de três categorias. É uma narrativa divertida, descontraída e que não deve ser levada muito à sério, mas que pode sim contribuir para suas reais escolhas de vida de uma forma totalmente inusitada (clique para ler a resenha).
O Design da sua vida: Como criar uma vida boa e feliz, de Bill Burnett e Dave Evans

Sinopse: “Não importa se temos 20, 40, 60 anos de idade ou mais, sempre estaremos em busca de uma resposta para essa pergunta: “O que você quer ser quando crescer? ”. Em O design da sua vida, Bill Burnett e Dave Evans, dois profissionais do Vale do Silício que são referência em design e inovação, usam seus conhecimentos para ajudá-lo a elaborar o que você quer da vida e como obter”. 

Porque eu indico? Muito além de uma técnica para resolução de problemas, o design thinking é uma abordagem, uma forma de encarar as coisas, e através de seus valores (empatia, colaboração e experimentação), é possível incorporá-lo na rotina e ter uma vida mais produtiva. E é justamente essa a proposta deste livro, escrito pelos professores e profissionais de sucesso do Vale do Silício, Bill Burnett e Dave Evans. O curso do qual deriva “O design da sua vida” é ministrado pelos autores há mais de uma década, e aqui eles elencam modelos mentais para tomada de decisão, como ser criativo, não se ater ao confortável, mediano ou normal, experimentar novas opções, ver por outros ângulos e entender que errar faz parte do processo (clique para ler a resenha). 
Você é Fera: Pare de duvidar do seu potencial e comece a viver uma vida incrível, de Jen Sincero

Sinopse: “Se você é novato no universo da autoajuda, espero que este livro o ajude a compreender alguns conceitos básicos que mudaram totalmente a minha vida, para que você concretize suas mudanças sem sair correndo aos gritos durante o processo. Se você já mergulhou mesmo que brevemente no lago da autoajuda, espero que este livro lhe diga alguma coisa de um jeito novo, e que se torne uma luz para você operar mudanças importantes e obter resultados palpáveis, para um dia acordar tomado pela emoção, incrédulo ao constatar que encontrou seu verdadeiro eu”.

Porque eu indico? Muito provavelmente por me manter cuidadosamente afastada do universo da autoajuda desde sempre, não conhecia o trabalho da autora deste livro, Jen Sincero, que há alguns anos atrás largou sua residência fixa na Califórnia para viajar o mundo sem data para voltar. Neste livro, ela apresenta o conteúdo de suas palestras e casos da consultoria como coach, e compartilha o que aprendeu ao iniciar uma grande mudança em sua própria vida, além da forma como as decisões que tomou impactaram para a construção da realidade em que sempre quis viver. Uma das coisas mais importantes que aprendi com este livro foi que é preciso se arriscar, tentar coisas novas e dar vazão à criatividade, afinal, como disse a autora, “para poder viver a vida que nunca viveu, você tem que fazer coisas que nunca fez” (clique para ler a resenha).

E é isso! Estes são os cinco livros que li recentemente que têm como temas a criatividade, produtividade e otimização! Também indico “O Poder do Tempo Livre”, que será resenhado ainda esta semana, e alguns TED Talks realmente fantásticos sobre estes mesmos assuntos, tanto destes autores quanto de outros que também são extremamente brilhantes, os quais você pode conferir clicando aqui. Ah, e se você tem alguma sugestão ou quer fazer uma indicação de livro, filme, série ou quadrinho, é só deixar aqui nos comentários!

4 comentários:

  1. Dicas anotadas! Preciso de livros assim, hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não era não, mas percebi que agora sou a louca dos livros assim hahaha Eles são ótimos! Eu tenho lido muitos sobre o assunto, e procurado artigos também! Um beijo e boa leitura <3

      Excluir
  2. Antes de mais nada, estava com saudade de passar por aqui ❤️

    Segundo, que dicar incríveis de livros, miga do céu! Eu sempre usei a minha criatividade ao meu favor, mas nem sempre a gente está criativa, né? Ou se sentindo criativa, e esses livros caíram como uma luva para mim. Apenas, preciso de: Vai Lá em Faz, O Design da Sua Vida e Você é Fera na minha cabeceira.

    Adorei o último, porque nem sempre a gente se sente bem, e acredito que lendo ele desperta algo bacana para começar outra vez. AMEI, AMEI AMEI!

    Beijão, amor

    Supimpa Girl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava com saudades de você por aqui <3 Esses livros entraram na minha vida despretensiosamente e acabaram se tornando manuais para a vida! Acho que vai gostar bastante <3 Um beijão!

      Excluir