quinta-feira, 7 de julho de 2016

Sessão Pipoca: Procurando Dory


Sinopse: Um ano depois de ajudar Marlin (Albert Brooks) a reencontrar seu filho, Nemo, em uma aventura que cruzou os mares, a peixinha Dory (Ellen DeGeneres) tem um insight e lembra de sua amada família. Com saudades e as memórias voltando à tona, ela decide fazer de tudo para reencontrá-los. Nesta busca desenfreada e emocionante, Dory vai acabar esbarrando com amigos do passado, além de redescobrir detalhes de sua vida que foram esquecidos. Mas tem um pequeno problema: no meio desta busca, ela também acaba parando nas perigosas mãos de humanos. E agora?

Título: Procurando Dory.
Duração: 1 hora e 35 minutos. 
Direção: Andrew Stanton, Angus MacLane.
Gênero: Animação, Comédia. 
Lançamento: 30 de junho de 2016.


Algumas Impressões

         Treze anos de espera pela continuação de um filme que você gosta muito pode parecer uma eternidade, mas acho posso facilmente perdoar a Pixar por todo esse tempo aguardando a sequência de Procurando Nemo (2003), uma das produções mais populares do estúdio, ainda mais depois de assistir a Procurando Dory (clique para visitar o site oficial). Quando o primeiro filme foi lançado, acredito que os produtores nem imaginavam como a peixinha Dory roubaria a cena, conquistando a todos os expectadores com sua auto-estima, alegria e também a perda de memória recente (quem não se lembra do "Oi, eu sou a Dory"?). Com tanto sucesso, não era de se admirar que o estúdio lançasse um filme solo da personagem, mesmo com essa "pequena" demora de uma década após o lançamento do original né? Fiquei extremamente curiosa quanto ao motivo de tanto tempo ter se passado até que finalmente produzissem esta sequência, e a questão é que a Pixar possuía uma política de não fazer sequências de seus filmes, exceto "Toy Story", mas isto mudou quando a empresa foi adquirida pela Disney. Na trama de Procurando Dory, a nossa peixinha favorita se lembra repentinamente de que sua família está em algum lugar no oceano, e pede a ajuda dos amigos para encontrá-la. É aí que a aventura começa! E em se tratando de Dory e seus esquecimentos, vai ser uma aventura e tanto!



       Com a ajuda de velhos amigos, o trio embarca em uma jornada rumo ao Instituto da Vida Marinha, na Califórnia, um centro de reabilitação de animais marinhos e também aquário. Lá, eles vão contar com a ajuda de três dos mais deslocados / intrigantes / engraçados residentes do centro: Hank, o polvo mal-humorado e suspeito que quer a todo custo dar o fora dali; Bailey, uma baleia branca que acha que seu sistema de ecolocalização não funciona mais para que possa viver em mar aberto e Destiny, um tubarão baleia com sérios problemas de visão. E quanta coisa vai acontecer dentro deste instituto minha gente! Com a narração marcante de Marília Gabriela na versão dublada, coadjuvantes que, assim como no primeiro filme, roubam a atenção nas cenas, um roteiro divertido e bem estruturado e uma história capaz de encantar - e, no caso dos adultos, emocionar -, os roteiristas Andrew Stanton (que também dirigiu o primeiro filme) e Victoria Strouse transformam a busca de Dory por seu passado em um passei cheio de vida, divertido e com cenas de tirar o fôlego (além de arrancar muitas, mas muitas lágrimas). O que mais me chamou a atenção foi a capacidade desta sequência de preencher lacunas deixadas pelo original, onde, a cada cena marcante, os mais velhos tenham a sensação de que agora tudo faz sentido. Ha, não saiam antes dos créditos, e se você perder a surpresa do final, não me diga que eu não te avisei! Já viu? Comenta com a gente!


15 comentários:

  1. Me ajuda a superar esse bendito gif da Dory bebê? É a coisa mais fofa do mundo rs ♥ Eu tô louca pra ir assistir o filme. Parece ser incrível e bem a carinha dela. Tua resenha só me incentivou mais ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consigo superar também! Tanto que coloquei só a foto aqui pra resistir à vontade de ficar abrindo essa postagem a todo momento! KKKKK E o filme é maravilhoso <3 Assiste e me diz o que achou <3 Um beijo : *

      Excluir
  2. Obrigada Disney por comprar a Pixar para que possamos ver esse filme, hahah Quero muito assistir o filme, parece ser tão boom e nostálgico <3
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, muito obrigada Disney por tornar nossas vidas mais completas e nos dar o sentido da vida, o universo e tudo mais! Ele é maravilhoso <3 <3 Um beijo : *

      Excluir
  3. Oi Lê, primeira vez que venho aqui no seu blog e justamente porque o post me chamou atenção. Já começo dizendo que amei o seu cantinho e sua forma de escrever. Ainda não assisti, quero levar meu sobrinho e minha bf quer levar a irmã dela para ver e na hora de escolher a bonitinha escolheu Carrossel 2. Acho que vou entrar sozinha na sala da Dory mesmo kkkkkk Quero muito, MUITO assistir. Sou uma eterna criança em relação a desenhos animados <3

    http://ddreamsoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei! Muito obrigada <3 Fico feliz que tenha curtido o Fleur e espero que volte mais vezes! Bom, eu iria mais mil vezes ver Dory e já quero em DVD! Um beijo : *

      Excluir
  4. Terminei a resenha dizendo "DROGA, JULIA! TINHA PÓS CRÉDITOS NO FILME!!!!!" HSUAHSUAHSUAHUSAHSA ai, que inferno, não sabia. Olha só que chato, vou ter que entrar no cinema de novo pra ver u-u hsuahusahuas
    Eu acho que sempre tenho que avisar que os comentários sobre filmes tem spoilers, não? hsuahuasuh TEM SPOILER AQUI!
    Esse foi um filme pura nostalgia e diferente de sessões de Frozen e Zootopia, a sessão em que fui assistir o filme estava bem balanceada o numero de adultos com crianças (na verdade até acho que tinha mais adultos hsauhuas). O filme já começa com uma explosão de fofura, o cinema inteiro soltou um imenso "awwwwn" com a baby Dory.
    Fui assistir com a minha irmã e minha melhor amiga, que foram as pessoas que assistiram Procurado Nemo no cinema comigo, só faltou mãe e pai, mas ok, meu pai não ia querer assistir mesmo, ele já não é mais obrigado a assistir desenho comigo sahuhsauhsauas
    Aquela cena que a Dory olha pro Marlin e fala alguma coisa do tipo "você sabe o que é sentir saudade?", ai ele olha para o Nemo e fala "sei", ROLOU UMA LAGRIMA (na verdade quando vi essa cena pela primeira vez em um trailer, chorei igual criança). E o que dizer da cena que a Dory está sozinha no meio daquelas algas e ela vê um concha, ai tem outra e outra... DERRAMEI UM MUNDO DE LAGRIMAS, MEU DEUS!!!!!!
    Eu achei tão lindo o cuidado dos pais da Dory com ela, ambos faziam de tudo para ela não se sentir menos do que ela é, rolou uma identificação ali, meus pais são muito os pais da Dory hsuahuas aquela cena em que ela volta para casa e ele ficam super felizes porque ela conseguiu seguir as conchas e ai o pai diz "você pode fazer qualquer coisa que queira", AI GENTE, não posso com essas coisas, até o coração chora!!!! hsuahusa
    Ok, acho que já to falando de mais, daqui a pouco eu narrei o filme inteiro aqui... SÓ SEI QUE MORRI DE AMORES UMAS 500 VEZES.
    Agora, por favor, QUE VENHA OS INCRÍVEIS 2. Pixar ouvindo as nossas preces hsuahusahuas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quase saí do cinema antes do fim, mas aí uma amiga que estava na sessão me chamou e disse que tinha a cena. Os créditos são enooormes, quase pensamos que era brincadeira e não tinha nada, mas valeu à pena! A cena é simplesmente incrível! Acho que você vai amar <3 Na minha sessão tinha muitos adultos, mais do que crianças até! A menina do meu lado chorou tanto que chegou soluçar! Se bem que eu estou falando dela aqui mas EU ME ACABEI DE CHORAR também! Pelo amor de Deus, aquela cena das conchas eu morri! Eu morri o filme todo na verdade e até agora não me recuperei. Quero logo em DVD, quero o terceiro filme, quero mais mil.... Quero os incríveis 2! KKKKKKKKK Amém Pixar! Um beijo : *

      Excluir
    2. Menina, toda vez eu esqueço de comentar... AMEI O UNICÓRNIO NA HEADER!!!!! Amei também o bg, com certeza é algo que eu usaria! Se não fosse pelas manchas no dinossauro dava pra falar que é o Arlo hsuahusa
      Ahhhh! E antes que eu me esqueça: feliz aniversário atrasado (vi que foi o seu aniversário lá no instagram hsauhsa) e parabéns pela formatura!

      Excluir
  5. Eu ADOREI ADOREI ADOREI esse filme, é puro amor <3 Chorei muito na parte em que ela reencontra os pais e eles mostram os caminhos de conchas que fizeram! ;-;

    http://literaturaliteral.wix.com/litblog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né! E quem não chorou? Na minha sessão quase nos afogamos lá dentro de tanto que os adultos choraram (eu inclusa nessa). E as poucas crianças sem entender nada KKKKK Um beijo : *

      Excluir
  6. Adoreei! Adorei mesmo a sua resenha *u* Eu ainda não tive chance de ir assistir o filme, mas já me falaram que é bom mesmo ter uns bons lenços de papel do lado pq esse filme só faz a gente chorar muito. haha


    Tá rolando um sorteio lá no blog, vem participar: Sorteio!
    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 Awwwnnn <3 Menina corre logo para o cinema mais próximo pelo amor de Deus! Lenços de papel só não, é bom ter uma toalha de banho logo de uma vez! <3 Um beijo!

      Excluir
  7. Não acredito que vi o filme duas vezes e perdi a surpresa do final em ambos!! Putz! Mas adorei demais o filme! Ficou muito bom, e o que você falou de ir preenchendo lacunas é muito verdade! Só senti falta de um pouco mais de humor no filme, só achei uma parte realmente engraçada, a do miga, sua louca uhau. Mas no total, muito bom!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele momento que bate uma bad daquelas porque você não viu a cena pós créditos! É muito legal, qualquer coisa procura na internet! É, eu senti que foi algo mais nostálgico do que engraçado, mas amei <3 Um beijo : *

      Excluir