sexta-feira, 17 de julho de 2015

Resenha: Vingadores - A Queda


      Quem ai curte quadrinhos? Eu gosto faz tempo, mas só recentemente comecei (timidamente ainda) a investir. Tenho contato com eles desde pequena, principalmente através das histórias da Turma da Mônica, do Maurício de Souza (minha tia coleciona desde criança). Atualmente, coleciono os mangás da Turma da Mônica Jovem, e estou começando as coleções Vingadores – Os Heróis Mais Poderosos da Terra e Comic Star Wars – Clássicos (ambos da Panini Comics). Além disto, ganhei algumas edições da coleção oficial de Graphic Novels Marvel da Salvat, da qual quero mais alguns títulos. É, minha coleção está crescendo! Por este motivo, achei que já estava na hora de começar a resenhar quadrinhos aqui no Fleur, começando pelo número 34 da coleção Marvel da Salvat. E ai, você já ouviu falar da Iniciativa Vingadores? 

Título: Vingadores – A Queda.
Roteiro: Brian Michael Bendis.
Desenhos: David Finch.
Páginas: 168 páginas.
Publicação: Editora Salvat / Panini Comics / Marvel. 


        Prepare-se para o pior dia na história dos Vingadores. Em sua formação atual, Homem de Ferro, Visão, Jaqueta Amarela, Gavião Arqueiro, Mulher Hulk, Capitão América, Vespa, Capitã Britânia, Feiticeira Escarlate e Homem Formiga fazem parte da equipe. Desde que este grupo de super-heróis foi reunido, e em suas mais diversas configurações, os Vingadores salvaram a Terra de um número considerável de seres do mal. Tiranos tecnológicos, invasores alienígenas e até mesmo criaturas sobrenaturais. Mas nada disso poderia prepará-los para o que estava por vir. Já era de se esperar que todas estas vitórias cobrassem seu preço. Ao longo dos anos de combate, alguns heróis abriram mão de suas próprias vidas para salvar a pátria. Como a mais recente perda, o herói conhecido como Valete de Copas, capaz de manipular a Energia Zero. 


        Apesar das provações, também há espaço para a felicidade, como no caso da Feiticeira Escarlate e do sintozoide Visão, que se casaram. De maneira inexplicável – uma vez que seu marido é um robô - Wanda (a Feiticeira), foi capaz de dar à luz a dois filhos gêmeos, aos quais chamou Thomas e Willian. Entretanto, descobriu-se que as crianças eram, na verdade, fragmentos da alma de Mefisto, um dos vilões derrotados pelos Vingadores. Deste modo, os gêmeos tiveram de ser apagados da existência e a mente da Feiticeira Escarlate, alterada. A fim de evitar o sofrimento de Wanda, os demais Vingadores juraram jamais contar a ela o que havia acontecido. E é ai, que se inicia a queda. 


    Com uma sucessão de eventos trágicos, que provam a cada novo golpe a capacidade dos Vingadores, e a perda inestimável de mais membros da equipe, Vingadores – A Queda, leva nossos heróis ao extremo, em sequências eletrizantes e reveladoras. Com o objetivo de descobrir o que – ou quem – está provocando os ataques, toda a equipe de super-heróis é reunida, com os Vingadores do passado e os do presente lutando juntos, lado a lado. Qual inimigo da equipe poderia orquestrar um plano tão insidioso? Depois de muitas batalhas, e com um desfecho surpreendente, a pergunta que fica é apenas uma: será mesmo o fim dos Vingadores? Bem, de todo modo, uma coisa é certa: eles nunca mais serão os mesmos.

2 comentários:

  1. Resenha incríves -como sempre- fiquei muito curioso pra ler esse arco dos vingadores haha
    Abraços
    (Te marquei em uma tag no meu blog)

    http://ruasazuis.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Quando eu li a história fiquei refletindo um tempo sobre os acontecimentos kkkkk É muito bom, recomendo! Ha, vou lá olhar! Um beijo :*

      Excluir