quinta-feira, 20 de março de 2014

Desafio Literário: Dias 14, 15 e 16


Dia 14 – “Nosso amor é impossível!”: conte sua história de amor por um personagem literário.
Gostei um tempo do Jacob de Crepúsculo (sim, pois é, eu gosto dos livros) mas passou e eu fiquei eras sem gostar de outro. Então descobri A Maldição do Tigre (que a propósito é de uma saga incrível) e me apaixonei por Alagah Dhiren Rajaram, o Ren, o maravilhoso tigre branco. (Logo percebi que nosso amor era mais que impossível, o que me deprimiu, mas enfim). _0_ Até que, entra em cena Leo Valdez da série Os Heróis do Olimpo. (Olha o Tio Rick ai de novo gente). No momento em que li a descrição, amei! Estou um pouco apreensiva com o que vai acontecer com ele no último livro da série, O Sangue do Olimpo, pois o autor disse que podem morrer personagens importantes .-. (Mas o Tio Rick é da zoeira, então não creio muito não).

Dia 15 – “Meu salvador!”: revele sua admiração pelo seu herói literário, aquele personagem que inspira o que você é.
Não acredito que tenha um personagem que inspire de fato o que eu sou, mas um que me marcou muito, foi o Professor Snape, de Harry Potter. Quando tudo começou (lá em A Pedra Filosofal), eu não gostava muito dele, mas no desenrolar da história, quando os segredos foram revelados, ele me surpreendeu e eu passei a admira-lo. E, não posso deixar de falar de novo, mais uma vez, novamente, do Ren. Ele é incrível, faz coisas impressionantes para salvar a Kelsey, e o coitado se sacrifica demais. Enfim, eu quero ele pra mim. :/

Dia 16 – Sua estante gosta mais de ficção ou não ficção?
Definitivamente ficção. Eu até falei sobre isso no post anterior do desafio. Não que eu não goste de outros gêneros, mas a ficção desperta um interesse muito maior em mim. É como uma fuga do mundo em que eu vivo, para diversos mundos mágicos nos quais eu queria viver. (Nárnia, Hogwarts, Camp Half Blood, enfim).

2 comentários:

  1. Como uma fuga para um mundo mágico. Um mundo diferente. Dá para imaginar só? rs Às vezes a gente faz de tudo para poder construir a nossa forma de mundo encantado, ainda que seja dentro dos limites da realidade. Creio que por isso eu ainda vivo. Amo ficção! E, senhooooor, eu não curtia muito os personagens de Crepúsculo. Jacob nem Edward me encantavam. Pouco ligava para eles. Meu herói apaixonante é o Percy, sem dúvida alguma. Isso porque eu adoro esses que vão crescendo aos poucos. rs Mas detestaria se ele começasse a ficar arrogante, como ele foi grosso com o Leo no "A Marca de Atena". Adorei seu post! <3 Identifiquei-me muito! Abraço e cacto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tive meu tempo de Crepúsculo, mas né, passou. KKKK
      Adoro fugir para os mundos mágicos, principalmente porque os problemas são bem reais e tem horas que sufocam a gente né? Eu até gosto do Percy, mas ele não me encanta taaanto assim. Gosto do Léo, mas em ACH ele também ficou tão diferente :/ Mas né, vamos ver o que nos aguarda em "O Sangue do Olimpo".
      Um beijo :*

      Excluir